Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Putin diz que Rússia destruiu dezenas de armas dos EUA na Ucrânia

    Putin fez as declarações em entrevista à televisão nacional, que deve ser exibida no próximo domingo (5)

    Presidente russo, Vladimir Putin
    Presidente russo, Vladimir Putin 16/05/2022. Sputnik/Sergei Guneev/Pool via REUTERS

    Lisa Shumakerda Reuters

    O presidente russo, Vladimir Putin, em comentários sobre a decisão dos Estados Unidos de enviar novas armas para a Ucrânia, disse que a Rússia está lidando com facilidade com a situação e já está destruindo as armamentos fornecidos pelos americanos “às dezenas”, informou a agência de notícias estatal RIA neste sábado (4).

    Putin deu as declarações em entrevista à televisão nacional, que deve ser exibida no próximo domingo (5).

    Armas já enviadas

    Contas feitas pelo analista Mark Cancian, do Centro de Estudos Internacionais e Estratégicos, citado pelo El Mundo, os EUA têm entre 20 a 25 mil Javelin, o que significa que terão sido enviados entre sete a oito mil mísseis para a Ucrânia.

    O problema é que as empresas Lockheed Martin e Northrop, que fabricam estes mísseis, só conseguem produzir 6.480 mísseis por ano. Ou seja, um ano não chega para repor os mísseis que os EUA enviaram para a guerra.

    Já o Reino Unido terá enviado 6.200 mísseis NLAW, quase metade do seu estoque. Os mísseis são fabricados no Reino Unido e o prazo para entrega será semelhante aos do Javelin.