Primeira-ministra da Finlândia vai a boate após ser exposta ao coronavírus

Dois outros ministros também ignoraram as recomendações de autoridades de saúde e romperam o isolamento social

Primeira-ministra da Finlândia foi avisada pelo secretário de governo que foi exposta ao coronavírus
Primeira-ministra da Finlândia foi avisada pelo secretário de governo que foi exposta ao coronavírus Reuters

Essi Lehtoda Reuters

Ouvir notícia

Dois ministros e a primeira-ministra da Finlândia Sanna Marin ignoraram as recomendações para evitar contatos próximos com outras pessoas após serem expostos ao coronavírus, de acordo com vários relatos da imprensa do país. O caso aconteceu neste final de semana.

“Eu agi errado. Eu deveria ter considerado a situação com mais cuidado”, disse Marin em uma entrevista para a emissora pública Yle nesta quarta-feira (8).

Marin decidiu não abreviar a noite de sábado (4), mesmo após ser informada de que havia sido exposta ao coronavírus no dia anterior, explicou a primeira-ministra em um post no Facebook na segunda-feira (6), após uma revista publicar uma foto dela em uma boate cheia.

Marin disse que estava em um restaurante quando recebeu um telefonema de seu secretário de estado informando sobre a exposição.

“Ele disse que os ministros não seriam colocados em quarentena porque todos foram vacinados duas vezes”, escreveu Marin no Facebook, explicando porque decidiu continuar socializando.

O ministro da Economia Mika Lintila compareceu a uma partida de floorball entre Finlândia e Letônia no domingo (5), apesar de também ter sido aconselhado a evitar contato com outras pessoas, informou o jornal Helsingin Sanomat na quarta-feira.

O ministro da Defesa Antti Kaikkonen foi a um jantar no sábado, enquanto a ministra das Finanças Annika Saarikko e o ministro da Ciência e Cultura Antti Kurvinen cancelaram a participação no mesmo evento para evitar contágio, noticiou o jornal Ilta-Sanomat na terça-feira (7).

O Instituto de Saúde da Finlândia recomenda evitar o contato com outras pessoas enquanto se espera pelos resultados de testes para Covid-19.

Marin e Lintila foram expostos à Covid-19 na sexta-feira (3), em uma reunião ministerial com a presença do ministro das Relações Exteriores Pekka Haavisto, que, no sábado, testou positivo para a doença.

O gabinete da primeira-ministra disse que enviou aos ministros expostos duas mensagens de texto no sábado, recomendando que evitassem contato com outras pessoas.

Marin disse que havia deixado seu telefone oficial em casa, confiando que seus assistentes a contatassem em seu telefone pessoal.

Desde então, a primeira-ministra fez dois testes para a Covid-19, que deram negativos. O ministro da Economia também testou negativo.

A Finlândia sofreu com um aumento repentino de novos casos de Covid nos últimos meses, levando as autoridades de saúde a se preocupar com a sobrecarga no sistema de saúde.

Vários hospitais em todo o país adiaram cirurgias eletivas, e o governo propôs na quarta-feira um passaporte de vacina para profissionais de saúde.

Mais Recentes da CNN