Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Putin aceita convite de Xi Jinping para visitar a China em outubro

    Essa deve ser a primeira viagem conhecida de Putin ao estrangeiro desde que o Tribunal Penal Internacional (TPI) emitiu um mandado de prisão contra ele

    Presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da China, Xi Jinping, cumprimentam-se durante encontro em meio à cúpula dos Brics, em Brasília
    Presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da China, Xi Jinping, cumprimentam-se durante encontro em meio à cúpula dos Brics, em Brasília 13/11/2019 Sputnik/Ramil Sitdikov/Kremlin via REUTERS

    Reuters

    O presidente russo, Vladimir Putin, aceitou formalmente, nesta quarta-feira (20), um convite para visitar a China em outubro.

    “É claro que foi um prazer aceitar o convite do presidente da República Popular da China para visitar a China em outubro deste ano no âmbito de um evento de grande escala que promove a ideia do presidente Xi Jinping – ‘Um Cinturão, Uma Rota’. Se tornou uma marca internacional”, disse Putin.

    Veja: O que significa o encontro entre Putin e Kim Jong Un na Rússia?

    “Isto vai ao encontro dos nossos interesses. A nossa ideia de criação de um grande espaço da Eurásia enquadra-se no programa “Um Cinturão, Uma Rota””, acrescentou.

    Essa deve ser a primeira viagem conhecida de Putin ao estrangeiro desde que o Tribunal Penal Internacional (TPI) emitiu um mandado de prisão contra ele pela deportação de crianças da Ucrânia – uma alegação que o Kremlin nega.

    A China não é signatária do TPI.

    Na semana passada, Putin também aceitou o convite do líder norte-coreano, Kim Jong Un, para visitar a Coreia do Norte, segundo a imprensa estatal. Uma data não foi definida para a viagem.

    Putin recebeu nessa quarta-feira (20) o ministro das Relações Exteriores da China, Wang Yi, para conversas em São Petersburgo.

    Na terça-feira, Nikolai Patrushev, um aliado próximo de Putin e secretário do Conselho de Segurança da Rússia, disse que Putin se encontraria com o presidente chinês, Xi Jinping, em Pequim, em outubro.

    A China disse, no início deste mês, que 90 países confirmaram participação na conferência da Iniciativa do Cinturão e Rota, que será realizada em outubro.

    O terceiro Fórum do Cinturão e Rota para Cooperação Internacional (BRF) será realizado em Pequim em outubro, disse o Ministério das Relações Exteriores anteriormente, com 2023 marcando o 10º aniversário da Iniciativa do Cinturão e Rota (BRI).