Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Putin aceita convite para visitar Coreia do Norte, diz imprensa estatal

    Chefe de Estado encontrou com Kim Jong Un na Rússia; Estados Unidos alerta para possível acordo de armas

    Gawon Baeda CNN

    O líder norte-coreano, Kim Jong Un, convidou o presidente Vladimir Putin, da Rússia, para visitar Pyongyang em um “momento conveniente”, informou a imprensa estatal KCNA, acrescentando que o líder russo aceitou alegremente o convite.

    Após reunião nesta quarta-feira (13), Kim despediu-se de Putin e partiu para o seu “próximo destino”, segundo a KCNA, sem fornecer detalhes sobre para onde irá a seguir.

    Veja também — O que significa o encontro entre Putin e Kim Jong-Un na Rússia?

    Os líderes se reuniram no Cosmódromo Vostochny, no Extremo Oriente da Rússia.

    A reunião foi realizada depois de autoridades norte-americanas alertarem que a Rússia e a Coreia do Norte estão “avançando ativamente” em um potencial acordo de armas que poderá levar Pyongyang a fornecer equipamento para Moscou usar na guerra na Ucrânia, em troca de tecnologia de mísseis balísticos — que é sancionada por outros países.

    Moscou precisa de novos fornecimentos de munições e mísseis depois de mais de 18 meses de guerra terem deixado as suas Forças Armadas prejudicadas, enquanto Pyongyang, que enfrentou anos de sanções internacionais devido ao seu programa de armas nucleares, carece de tudo, desde dinheiro vivo e alimentos até tecnologia de foguetes.