Qualquer incursão russa na Ucrânia seria desastrosa, diz premiê do Reino Unido

Em conversa com repórteres, Boris Johnson afirmou que os britânicos apoiam totalmente a soberania e integridade dos ucranianos

Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, em Londres.
Primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, em Londres. 16/12/2021 REUTERS/Dylan Martinez

Guy Faulconbridgeda Reuters

em São Paulo

Ouvir notícia

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, alertou a Rússia, nesta quinta-feira (20), que qualquer tipo de incursão na Ucrânia seria um desastre para o mundo, dizendo que Londres apoia a soberania e a integridade da Ucrânia.

O presidente dos EUA, Joe Biden, previu na quarta-feira que a Rússia fará um movimento contra a Ucrânia, dizendo que a Rússia pagaria caro por uma invasão em grande escala, mas sugerindo que poderia haver um custo menor para uma “incursão menor”.

Os comentários de Biden em uma entrevista coletiva na Casa Branca injetaram incerteza sobre como o Ocidente responderia se o presidente russo Vladimir Putin ordenasse uma invasão da Ucrânia, levando a Casa Branca mais tarde a tentar esclarecer o que Biden quis dizer.

Questionado sobre os comentários de Biden, Johnson alertou Moscou contra qualquer tipo de incursão.

“Não tenha dúvidas de que, se a Rússia fizesse qualquer tipo de incursão na Ucrânia, em qualquer escala, acho que seria um desastre, não apenas para a Ucrânia, mas para a Rússia. Seria um desastre para o mundo”, Johnson disse a repórteres.

“O Reino Unido apoia totalmente a soberania e integridade da Ucrânia”, completou.

Mais Recentes da CNN