Quatro pessoas morrem após queda de avião dos EUA durante treinamento da Otan

Autoridades locais afirmam que quatro americanos estavam a bordo de aeronave usada durante exercício militar na Noruega

Um MV-22 Osprey da Marinha dos EUA se prepara para pousar em base americana no Oceano Pacífico; modelo é similar ao que sofreu acidente durante treinamento da Otan na Noruega
Um MV-22 Osprey da Marinha dos EUA se prepara para pousar em base americana no Oceano Pacífico; modelo é similar ao que sofreu acidente durante treinamento da Otan na Noruega Foto: Getty Images/Stocktrek Images

Gwladys FoucheTerje Solsvikda Reuters

Ouvir notícia

Todas as quatro pessoas a bordo de um avião militar dos Estados Unidos morreram após a aeronave cair em uma parte remota do norte da Noruega na última sexta-feira (18), durante um exercício de treinamento militar liderado pela Otan.

“Até onde a polícia sabe, todos os quatro são de nacionalidade americana”, disse a polícia local neste sábado (19). O primeiro-ministro da Noruega, Jonas Gahr Stoere, prestou condolências pelo que ele disse ser “a morte de quatro americanos”.

“É com grande tristeza que recebemos a mensagem de que quatro soldados americanos morreram em um acidente de avião na noite passada. Os soldados participaram do exercício Cold Response da Otan. Nossas mais profundas condolências vão para as famílias dos soldados, parentes e companheiros de sua unidade”, afirmou o primeiro-ministro norueguês.

A aeronave MV-22B Osprey pertencente ao Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA estava participando de um exercício chamado Cold Response, organizado pela Otan. O avião militar estava desaparecido desde quando sofreu o acidente na sexta-feira.

Os serviços de resgate chegaram ao local do acidente por terra no início do sábado, depois que os helicópteros não conseguiram pousar devido às más condições climáticas. Havia ventos fortes, chuvas constantes e risco de avalanches, de acordo com as previsões meteorológicas locais.

“A polícia chegou ao local do acidente e lamentavelmente confirmou que todos os quatro a bordo do avião morreram”, disse Ivar Bo Nilsson, chefe da operação da polícia de Nordland, em comunicado.

A polícia está investigando a causa do acidente, embora seu trabalho tenha sido interrompido por causa das condições climáticas. As medidas devem ser retomadas assim que o tempo melhorar.

Cerca de 30mil soldados de 27 países estão envolvidos no Cold Response, um exercício destinado a preparar os países membros da Otan para a defesa em um possível ataque.

Cold Response 2022

Cerca de 30 mil militares de países parceiros e aliados da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte) iniciaram, na segunda-feira (14), uma série de exercícios militares na Noruega no chamado Cold Response 2022 (Resposta Fria 2022, em inglês).

O Cold Respose é uma série de exercícios militares que leva para a Noruega milhares de soldados provenientes dos países aliados e parceiros da Otan com o objetivo de testar a sua capacidade de trabalhar em conjunto em condições atmosféricas adversas, com temperaturas negativas, gelo e neve. Estes exercícios, que se prolongam até ao dia 1º de abril, somam os três ramos das Forças Armadas – aérea, terrestre e naval – e envolvem 200 aeronaves e cerca de 50 navios.

Em sua página oficial na Internet, a Otan explica que a prática destes exercícios conjuntos permite identificar o que funciona e o que precisa de ser melhorado para garantir uma resposta eficaz a qualquer ameaça ou crise. Não se trata de uma operação militar com propósitos ofensivos, mas sim de um treinamento.

Mais Recentes da CNN