Reino Unido anuncia investimento milionário em projeto na Amazônia

Os dados coletados são considerados vitais para melhorar os orçamentos do mercado de carbono e desenvolver soluções a diversos cenários de emissão de gases

Flávia Duarteda CNN

Em Glasgow

Ouvir notícia

O governo britânico anunciou, nesta segunda-feira (8), um investimento equivalente a quase R$ 19 milhões no que será o maior laboratório ao ar livre do mundo. O serviço de meteorologia do Reino Unido vai trabalhar em parceria com o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia em um experimento climático inédito.

Na segunda fase do chamado AmazonFACE, volumes controlados de dióxido de carbono serão liberados em pequenas áreas florestais para simular como o meio ambiente pode responder às mudanças ambientais futuras.

Os dados coletados são considerados vitais para melhorar os orçamentos do mercado de carbono e desenvolver soluções detalhadas para vários cenários de emissões para florestas tropicais.

Negociações

No início da segunda e última semana de negociações da COP26, em Glasgow, líderes e especialistas discutem como honrar as promessas de pagar pelas perdas e dados relacionados ao clima e ajudar as nações mais pobres a se adaptarem às altas temperaturas que causam secas, inundações e incêndios florestais cada vez mais frequentes.

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama discursou na COP26, a 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2021, nesta segunda-feira (8). Segundo ele, frear as emissões e se preocupar com as mudanças climáticas: “não é uma questão partidária”.

“Precisamos que economias como a da Europa e dos Estados Unidos sejam líderes nessa discussão. Precisamos que a Rússia, assim como Indonésia, África do Sul, Brasil, ninguém pode ficar de fora. Reconheço que este é o momento em que a cooperação internacional é menor, mas algo transcende as questões políticas – a mudança climática”, disse.

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN