Reino Unido deve reduzir intervalo de doses após surgimento de nova variante

O Partido Trabalhista quer diminuir o intervalo entre a segunda e a terceira dose das vacinas contra a Covid-19 em razão da variante Ômicron

Unsplash/Simon Frederick

Da Reuters

Ouvir notícia

O Reino Unido deve reduzir a lacuna entre a segunda dose e a dose de reforço contra a Covid-19 de seis para cinco meses. O Partido Trabalhista, principal partido de oposição, manifestou a intenção para que isso ocorra, enquanto a nova variante Ômicron gera preocupação em torno do mundo.

 

 

“Esta nova variante é um sinal de alerta”, disse o porta-voz júnior de saúde do Partido Trabalhista, Alex Norris. “A pandemia não acabou. Precisamos reforçar nossas defesas com urgência para manter o vírus sob controle.”

Mais Recentes da CNN