Republicano está dividido e trumpismo pode criar novo partido, diz especialista

Ala fiel a Donald Trump pode deixar a legenda se vontade do ex-presidente não prevalecer na oposição a Joe Biden

Ouvir notícia

A ala do partido Republicano mais fervorosa na defesa de Donald Trump pode criar uma nova legenda caso não consiga impor sua vontade na sigla após a posse de Joe Biden na presidência dos Estados Unidos. A avaliação é do coordenador do curso de Relações Internacionais da USP, Felipe Loureiro, em entrevista à CNN nesta quarta-feira (20).

“Ainda é difícil dar uma resposta, mas existe hoje uma divisão no partido Republicano. Há quem considere a invasão ao Capitólio inadmissível, mas há muitos líderes do partido apoiados numa base trumpista em muitos estados que mantêm a retórica de farsa eleitoral”, explica, sobre o racha.

 

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, retira máscara na Casa Branca
O ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
Foto: Erin Scott/Reuters (5.out.2020)

“Se essa ala do partido muito fiel a Trump não conseguir dominar o partido Republicano, muito possível que surja um partido baseado no trumpismo. Mas no sistema político dos Estados Unidos, eminentemente bipartidário, não é fácil um terceiro partido ascender e se transformar em um partido nacional”, ressalta.

Já o comportamento do presidente que deixa o cargo nesta quarta-feira não foi diferente do esperado, analisa Loureiro. “Infelizmente ele não reconheceu a derrota, não falou o nome do presidente eleito Biden de forma direta e deixa a entender que vai continuar utilizando retórica divisionista nos próximos meses, quiçá nos próximos anos”.

 (Publicado por: André Rigue)

 

Mais Recentes da CNN