Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia exige garantias para prorrogar acordo de grãos da Ucrânia

    Ministério das Relações Exteriores critica falta de diálogo por parte de países ocidentes e informa que acerto, previsto para expirar no próximo dia 18, não será prorrogado

    Da Reuters

    Moscou

    A Rússia disse na quinta-feira que o acordo de grãos do Mar Negro irá expirar, a menos que Moscou consiga garantias de que suas demandas serão cumpridas no prazo de até 18 de maio, alertando que as questões de suprimentos de amônia e pagamentos pelo sistema SWIFT permanecem sem solução.

    O vice-ministro das Relações Exteriores, Sergei Vershinin, falando com a imprensa russa em Istambul, disse que se as exigências da Rússia permanecessem sem solução, então o acordo do Mar Negro “deixaria de existir”.

    Vershinin acrescentou que não houve progresso na questão da reconexão do Banco Agrícola Russo (conhecido como Rosselkhozbank) ao sistema SWIFT.

     

    As Nações Unidas e a Turquia intermediaram o acordo de exportação do Mar Negro em julho passado, para ajudar a enfrentar uma crise alimentar global que foi exacerbada pelo conflito na Ucrânia. Ele permite a exportação segura de grãos e fertilizantes de três portos ucranianos.

    Anteriormente, o Ministério da Defesa da Turquia disse que houve progresso nas conversações de Istambul e que as partes concordaram em continuar as reuniões técnicas de quatro vias sobre o negócio.

    Os vice-ministros da Defesa da Rússia, Ucrânia e Turquia, assim como os funcionários da ONU, têm participado das conversas em Istambul.