Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia muda foco para mostrar vitória até maio no Leste da Ucrânia, dizem autoridades dos EUA

    Vladimir Putin está sob pressão para demonstrar sinais de vitória, segundo oficiais dos Estados Unidos

    Soldados ucranianos em Kiev, capital da Ucrânia, no dia 30 de março; forças russas redirecionam esforços em nova fase da guerra
    Soldados ucranianos em Kiev, capital da Ucrânia, no dia 30 de março; forças russas redirecionam esforços em nova fase da guerra Metin Aktas/Anadolu Agency via Getty Images

    Barbara StarrJim SciuttoAlex MarquardtJeremy Herb e Katie Bo Lillisda CNN

    Ouvir notícia

    A Rússia revisou sua estratégia de guerra na Ucrânia para se concentrar em tentar assumir o controle do Donbas e de outras regiões no Leste da Ucrânia com uma data-alvo para o início de maio, segundo várias autoridades americanas familiarizadas com as últimas avaliações de inteligência dos Estados Unidos.

    Depois de mais de um mês de guerra, as forças terrestres russas não conseguiram manter o controle das áreas onde têm lutado. O presidente russo, Vladimir Putin, está sob pressão para demonstrar que pode apresentar uma vitória, e o Leste da Ucrânia é o lugar onde é mais provável que ele consiga fazer isso rapidamente, dizem as autoridades.

    As interceptações de inteligência dos EUA sugerem que Putin está focado em 9 de maio, o “Dia da Vitória” da Rússia, de acordo com um dos oficiais.

    O dia 9 de maio é um feriado importante no calendário russo, em que o país marca a rendição nazista na Segunda Guerra Mundial com um enorme desfile de tropas e armamentos pela Praça Vermelha em frente ao Kremlin. As autoridades dizem que Putin quer comemorar uma vitória – de algum tipo – em sua guerra naquele dia.

    Mas outras autoridades observam que mesmo que haja uma celebração russa, uma vitória real pode estar mais distante.

    “Putin fará um desfile da vitória em 9 de maio, independentemente do status da guerra ou das negociações de paz“, disse um oficial de defesa europeu. “Por outro lado: um desfile da vitória com que tropas e veículos?”.

    Ainda assim, autoridades norte-americanas e europeias dizem que quaisquer prazos que Moscou possa estabelecer retoricamente não mudam a realidade, pois a Rússia parece estar se preparando para a perspectiva de um conflito prolongado na Ucrânia.

    Um diplomata europeu disse que, enquanto o Kremlin fala com otimismo, Putin está se preparando para uma “guerra longa e prolongada ao estilo da Chechênia, porque ele, até certo ponto, não tem mais para onde ir”.

    Há várias razões por trás do prazo de maio, dizem as autoridades. À medida que o congelamento do inverno terminar e o solo suavizar, será mais difícil para as unidades terrestres russas pesadas manobrarem, o que significa que é vital que essas forças entrem em ação o mais rápido possível, avalia a Inteligência dos EUA.

    Os caças apoiados pela Rússia também já estão naquela região há anos. Em 2014, as forças separatistas russas assumiram o controle do território na região de Donbas, no Leste da Ucrânia. Antes da invasão da Ucrânia por Moscou, Putin anunciou que estava reconhecendo duas autodeclaradas repúblicas independentes na região de Donbas.

    Autoridades ucranianas também mencionaram publicamente para a data. “Antes de 9 de maio, Putin estabeleceu a meta de uma parada da vitória para esta guerra”, disse o secretário do Conselho de Segurança ucraniano, Oleksiy Danilov, na quinta-feira (31).

    O ex-primeiro-ministro ucraniano Arseniy Yatsenyuk disse a Wolf Blitzer da CNN na sexta-feira (1º) que os ucranianos acreditam que estão enfrentando uma situação “muito complexa e difícil”, enquanto Putin tenta cumprir um prazo.

    “Seu objetivo final é, foi e será conquistar a Ucrânia, mas ele falhou. Ele falhou devido a uma determinação muito forte dos militares ucranianos e uma unidade muito forte da Ucrânia e do mundo ocidental, e as sanções que foram impostas pelo Estados Unidos, G7 e a União Europeia”, disse Yatsenyuk. “Então agora, pelo que vejo, Putin mudou para o Plano B. Minha opinião é que este Plano B tem um prazo. O prazo é 9 de maio”.

    Os EUA também avaliam que Putin está agora se preparando pela primeira vez para nomear um comandante geral da guerra para tentar alcançar maiores sucessos russos, disseram duas autoridades norte-americanas. A crença dos EUA é de que Putin provavelmente nomeará um general que esteve no Sul porque ser um lugar onde os russos tiveram sucesso em seus objetivos.

    A CNN informou anteriormente que não havia comandante ao longo da guerra no território ou perto da Ucrânia, e unidades de diferentes distritos militares russos operando em diferentes partes da Ucrânia parecem estar competindo por recursos em vez de coordenar seus esforços, de acordo com duas autoridades de defesa dos EUA.

    Um dos sinais de que os russos estão se reagrupando é que suas tropas que saem das áreas de combate ao Norte e Leste de Kiev parecem ter se movido para o Norte, em alguns casos para Belarus, para reabastecimento.

    Os EUA dizem acreditar que isso os colocará em posição de se mudar para o Sudeste na região de Donbas. Um objetivo do campo de batalha russo em Donbas seria cortar as tropas ucranianas que já estão lá para que não possam voltar a posições defensivas ou se unir a outras forças ucranianas, dizem autoridades.

    Mas uma mudança no campo de batalha para o Leste no terreno pode fazer pouco para impedir os contínuos ataques aéreos russos por mísseis e aeronaves de longo alcance em todo o resto da Ucrânia, especialmente no Sul.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original

    Mais Recentes da CNN