Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Rússia prende espião ucraniano que tentou atacar porta-aviões, diz mídia estatal

    Alvo de espião seria a principal embarcação de guerra da Rússia, que passava por reparos no porto de Murmansk

    Porta-aviões Almirante Kuznetsov
    Porta-aviões Almirante Kuznetsov Ministério da defesa da Rússia

    Anastasia Teterevlevada Reuters Moscou

    O Serviço Federal de Segurança (FSB) da Rússia disse ter frustrado um plano de “ataque terrorista” a um navio de guerra e detido um agente dos serviços especiais ucraniano, informou a mídia estatal nesta quarta-feira (10).

    Segundo a mídia, o navio de guerra visado era o único porta-aviões da Rússia, o Almirante Kuznetsov, que sofreu uma série de atrasos nos reparos no porto de Murmansk.

    O FSB disse que um dos militares do navio de guerra foi contatado por um cidadão ucraniano que tentou persuadi-lo a cometer um ataque ao navio, mas foi detido.

    A Reuters não pôde verificar o relatório de forma independente.