Rússia reconhece Zelensky como líder da Ucrânia e diz estar pronta para negociar

Sergei Lavrov, ministro das Relações Exteriores russo, afirmou que é um "passo positivo" o presidente ucraniano querer receber garantias de segurança

Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov
Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov Divulgação/MRE da Rússia via Reuters (21.fev.2022)

Da Reuters

Ouvir notícia

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, disse nesta quarta-feira (2) que a Rússia reconheceu o presidente Volodymyr Zelensky como líder da Ucrânia e saudou como um “passo positivo” o fato de Zelensky querer receber garantias de segurança.

“Nossos negociadores estão prontos para a segunda rodada de discussão dessas garantias com representantes ucranianos”, disse ele.

Zelensky disse em uma entrevista na terça-feira que a Rússia precisa interromper o bombardeio da Ucrânia antes que novas negociações possam ocorrer. Ele pediu garantias de segurança, mas da Otan e não da Rússia.

O oficial afirmou ainda que Moscou continua comprometida com a desmilitarização da Ucrânia e que deveria haver uma lista de armas específicas que nunca poderiam ser implantadas em território ucraniano.

“Tipos específicos de armas de ataque devem ser identificados que nunca serão implantados na Ucrânia e não serão criados”, disse Lavrov em entrevista à Al Jazeera, cujo texto foi publicado no site de seu ministério.

Mais Recentes da CNN