Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Síria apoia reconhecimento de Putin das regiões separatistas da Ucrânia

    Síria tem sido uma forte aliada de Moscou desde apoio na guerra civil do país

    Presidentes Vladimir Putin, da Rússia, e Bashar Al-Asad, da Síria
    Presidentes Vladimir Putin, da Rússia, e Bashar Al-Asad, da Síria Imprensa do Kremlin/Anadolu Agency/Getty Images

    Reuters

    A Síria apoia a decisão de sua aliada Rússia de reconhecer duas regiões separatistas no leste da Ucrânia, disse o ministro das Relações Exteriores na TV estatal síria nesta terça-feira (22).

    Os Estados Unidos e seus aliados europeus devem anunciar novas sanções contra a Rússia na terça-feira, depois que Putin reconheceu as duas regiões separatistas, aprofundando os temores ocidentais de uma nova guerra na Europa.

    “A Síria apoia a decisão do presidente Vladimir Putin de reconhecer as repúblicas de Luhansk e Donetsk e cooperará com elas”, disse o ministro das Relações Exteriores, Faisal Mekdad, durante um evento em Moscou.

    A Síria tem sido uma forte aliada de Moscou desde que a Rússia lançou uma campanha de ataque aéreo na Síria em 2015 e ajudou a virar a maré em uma guerra civil em favor do presidente Bashar al-Assad.

    “O que o Ocidente está fazendo contra a Rússia é semelhante ao que fez contra a Síria durante a guerra terrorista”, disse Mekdad.