Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Talibã obriga funcionários do governo a manter a barba e usar “roupas locais”

    Fontes ouvidas pela Reuters afirmaram que as entradas dos escritórios governamentais foram vistoriadas nesta segunda-feira (28)

    Combatente do Taliban vistoria veículo em Cabul
    Combatente do Taliban vistoria veículo em Cabul 27/11/2021REUTERS/Ali Khara

    Charlotte Greenfieldda Reuters

    Ouvir notícia

    O Talibã instruiu todos os funcionários do governo do Afeganistão a manter a barba e aderir a um código de vestimenta, correndo risco de demissão caso desobedeçam, disseram três fontes à Reuters. Esta é a mais recente de várias restrições impostas pelo governo islâmico linha-dura.

    Segundo as fontes, representantes do Ministério para a Propagação da Virtude e Prevenção do Vício estavam patrulhando as entradas dos escritórios do governo nesta segunda-feira (28) para verificar se os funcionários estavam de acordo com as novas regras.

    Os trabalhadores estavam sendo orientados a não raspar a barba e a usar roupas locais, consistindo de uma blusa e calças largas e um chapéu ou turbante. Eles também foram instruídos a orar nos horários corretos, afirmaram duas das fontes.

    Eles foram informados de que, a partir de agora, não poderão entrar nos escritórios e, eventualmente, serão demitidos se não cumprirem os códigos de vestimenta, de acordo com as fontes.

    Um porta-voz do ministério da moralidade pública não respondeu a um pedido de comentário.

    Na semana passada, o Talibã proibiu as mulheres de voar sem um acompanhante masculino e não abriu escolas femininas como prometido.

    No domingo, ordenou que os parques fossem segregados por sexo, com as mulheres autorizadas a entrar três dias por semana e os homens nos outros quatro dias, incluindo o fim de semana, o que significa que nem casais e famílias podem visitar juntos.

    Mais Recentes da CNN