Taxa de mortalidade da Covid-19 é três vezes maior que a da gripe, diz estudo

A taxa de mortalidade para pacientes hospitalizados com Covid-19 foi três vezes maior do que a taxa de mortalidade para pacientes com gripe hospitalizados

Os dados dos pacientes da Covid-19 foram comparados com os dados coletados durante a temporada de gripe 2018-2019
Os dados dos pacientes da Covid-19 foram comparados com os dados coletados durante a temporada de gripe 2018-2019 Foto: Pixabay

De Virginia Langmaid, da CNN

Ouvir notícia

Uma nova pesquisa publicada nesta quinta-feira (17) sugere que a Covid-19 mata mais do que as gripes sazonais.

A taxa de mortalidade para pacientes hospitalizados com Covid-19 foi três vezes maior do que a taxa de mortalidade para pacientes com gripe hospitalizados, de acordo com o estudo. As taxas de insuficiência respiratória também foram maiores em pacientes com Covid-19 do que em pacientes com gripe.

Leia e assista também:

Painel da FDA recomenda autorização da vacina da Moderna para uso emergencial
Quais países já começaram a vacinação contra a Covid-19 e quais são os próximos

A pesquisa, que apareceu no The Lancet Respiratory Medicine, examinou dados de mais de 130.000 pacientes franceses hospitalizados com Covid-19 ou gripe. Os dados dos pacientes da Covid-19 foram comparados com os dados coletados durante a temporada de gripe 2018-2019.

“Nosso estudo é o maior até agora para comparar as duas doenças e confirma que o COVID-19 é muito mais sério do que a gripe”, disse Catherine Quantin, do instituto de pesquisa francês INSERM. “A descoberta de que a taxa de mortalidade COVID-19 foi três vezes maior do que a da gripe sazonal é particularmente impressionante quando lembramos que a temporada de gripe 2018/2019 foi a pior dos últimos cinco anos na França em termos de número de mortes.”

Além das diferenças nos resultados de saúde, as internações hospitalares variaram entre aqueles com Covid-19 e gripe. Mais pacientes com Covid-19 do que pacientes com gripe precisaram de tratamento intensivo, e aqueles com Covid-19 passaram em média duas vezes mais tempo em tratamento intensivo do que pacientes com gripe.

Analisando os dados de crianças, os menores de 18 anos foram hospitalizados com menos frequência por Covid-19 do que por influenza, mas crianças menores de cinco anos hospitalizadas com Covid-19 precisaram de cuidados intensivos em taxas maiores do que aquelas com gripe.

Os pesquisadores sugeriram que a imunidade, tanto a imunidade natural quanto a vacinação, pode ser responsável por algumas das diferenças, ressaltando a necessidade da prevenção da Covid-19.

“Em um momento em que nenhum tratamento se mostrou eficaz na prevenção de doenças graves em pacientes com COVID-19, este estudo destaca a importância de todas as medidas de prevenção física e destaca a importância de vacinas eficazes”, disse o Dr. Pascale Tubert do INSERM. Amargo.

(Texto em inglês, clique aqui para ler o original)

Mais Recentes da CNN