Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tiroteio em Sacramento, nos EUA, deixa seis mortos e 12 feridos neste domingo

    Polícia local disse que ainda está procurando os suspeitos, sem ninguém sob custódia

    Getty Images

    Sharon Bernsteinda Reuters

    Ouvir notícia

    Seis pessoas morreram e 12 ficaram feridas em um tiroteio no início da manhã deste domingo (3), em Sacramento, Califórnia. Os tiros ocorreram em uma rua movimentada, e a polícia disse que ainda está procurando os suspeitos, sem ninguém sob custódia.

    “Estamos pedindo a ajuda do público para nos ajudar a identificar os suspeitos e fornecer todas as informações que puderem para resolvermos isso”, disse a chefe de polícia de Sacramento, Kathy Lester, a repórteres.

    O tiroteio ocorreu por volta das 2h (horário de Brasília), perto do Golden 1 Center, uma arena onde o time de basquete Sacramento Kings joga e os shows acontecem, segundo Lester.

    Vários quarteirões foram isolados por policiais e pontilhados com cones de plástico azuis e vermelhos que marcavam as evidências. A polícia não divulgou detalhes sobre as idades ou identidades das vítimas.

    Familiares esperavam do lado de fora das linhas policiais em busca de notícias sobre entes queridos desaparecidos.Entre eles estava Pamela Harris, que disse que sua filha ligou para ela às 2h15 para dizer que o irmão Sergio, de 38 anos, havia sido baleado e morto do lado de fora de uma boate.

    “Ela disse que ele estava morto. Eu simplesmente desmaiei”, disse Harris. A mulher contou que ainda estava esperando a confirmação oficial da polícia, acrescentando: “Não posso sair daqui agora até saber o que está acontecendo. Não vou a lugar nenhum. Parece um sonho”.

    O ativista comunitário Berry Accius disse que correu para o local logo após o tiroteio.

    “A primeira coisa que vi foi uma jovem envolta em seu sangue e no sangue de outras pessoas. Ela estava no telefone dizendo ‘Minha irmã está morta! Minha irmã está morta!'”, disse Accius, cujo programa de liderança Voz da Juventude é com foco na prevenção da violência armada.

    O caso ocorreu a poucos quarteirões do edifício do Capitólio do estado, em uma área recentemente revitalizada como um centro de entretenimento.

    “Os números de mortos e feridos são difíceis de compreender. Aguardamos mais informações sobre exatamente o que aconteceu neste trágico incidente”, disse o prefeito Darrell Steinberg, no Twitter.

    “O aumento da violência armada é o flagelo de nossa cidade, estado e nação, e eu apoio todas as ações para reduzi-la”, afirmou.

    Mais Recentes da CNN