Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Tropas russas fizeram escavações em área tóxica perto de Chernobyl, revelam imagens

    Trincheiras e poços foram feitos em região conhecida como Floresta Vermelha, que recebeu esse nome após o desastre de 1986

    Jonny Hallamda CNN

    Imagens feitas por drones e divulgadas nesta quarta-feira (6) revelam a existência de poços e trincheiras em uma área altamente radioativa nas proximidades da Usina Nuclear de Chernobyl, na Ucrânia. As escavações teriam sido feitas por tropas russas que abandonaram a região.

    As imagens foram captadas por militares ucranianos e divulgadas pela Energoatom, a operadora estatal das usinas nucleares do país. As escavações ficam em uma área conhecida como Floresta Vermelha.

    De acordo com a agência de notícia Reuters, a Floresta Vermelha recebeu esse nome quando dezenas de quilômetros quadrados de pinheiros ficaram vermelhos depois de absorver a radiação da explosão de 1986 em Chernobyl –o pior desastre nuclear do mundo.

    Rastros de tanques também podem ser vistos na floresta –considerada a área mais poluída de toda a zona de exclusão de Chernobyl– e fora dos limites para quem não trabalha lá ou tem permissão especial.

    Perigos da radiação

    Na última sexta-feira (1º), a Energoatom disse que não estava claro o que as tropas russas estavam fazendo na Floresta Vermelha. A entidade afirmou também que é possível que os combatentes tenham recebido exposição significativa à radiação ao cavar ou se entrincheirar lá.

    A poeira radioativa espessa levantada por veículos pesados ​​​​russos pode ter sido inalada pelas tropas, que não usavam equipamentos de proteção anti-radiação, disseram trabalhadores da fábrica.

    Chernobyl caiu nas mãos das tropas russas na primeira semana da guerra na Ucrânia. Na quinta-feira (31), as tropas russas anunciaram sua intenção de sair e entregaram o controle da área à Ucrânia, o que de fato foi feito.

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original