Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Ucrânia não vai abrir mão do leste do país para acabar com guerra, diz Zelensky

    Para o presidente ucraniano, não há garantias de que a Rússia vai descartar tomar Kiev se obtiver sucesso no Donbass

    Soldados ucranianos na linha de frente na região de Donbass, leste da Ucrânia
    Soldados ucranianos na linha de frente na região de Donbass, leste da Ucrânia Diego Herrera Carcedo/Anadolu Agency via Getty Images

    Jeremy Herbda CNN

    O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse à CNN que a Ucrânia não está disposta a abrir mão do território na parte leste do país para acabar com a guerra com a Rússia, e os militares da Ucrânia estão preparados para lutar contra Moscou na região de Donbass — uma batalha que ele diz poder influenciar toda a guerra.

    Zelensky declarou, em uma entrevista exclusiva na sexta-feira com Jake Tapper, da CNN, que seu país não tem garantia de que a Rússia não tentará novamente tomar Kiev se for capaz de capturar Donbass.

    “É por isso que é muito importante para nós não permitirmos que eles se mantenham firmes, porque esta batalha pode influenciar o curso de toda a guerra”, disse Zelensky.

    “Porque não confio nos militares russos e na liderança russa”, continuou ele. “O fato de termos lutado e deles terem partido, fugindo de Kiev, do norte, de Chernihiv e daquela direção, não significa que, se eles forem capazes de capturar Donbass, eles não irão mais em direção a Kiev.”

    Já se passaram mais de sete semanas do ataque do presidente russo Vladimir Putin à Ucrânia. As forças armadas da Ucrânia tiveram sucesso na resistência à ofensiva da Rússia, uma surpresa para a inteligência dos Estados Unidos e para um Kremlin que planejava uma vitória rápida e decisiva.

    Mapa: as posições das forças russas e ucranianas ao redor de Kiev durante a guerra

    Este conteúdo foi criado originalmente em inglês.

    versão original