Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    UE: Condições necessárias para concluir acordo com Mercosul não foram cumpridas

    Agricultores protestam contra importações baratas de países fora da Europa

    Mercosul e União Europeia
    Mercosul e União Europeia Reprodução

    Kate AbnettBart Meijerda Reuters

    As condições que permitiriam à União Europeia concluir um acordo comercial com o Mercosul não foram atendidas, disse o vice-presidente executivo da Comissão Europeia, Maros Sefcovic, nesta quarta-feira (7), mas as negociações continuam.

    O planejado acordo de livre comércio passou por uma análise política minuciosa nas últimas semanas, em meio a protestos de agricultores que dizem estar sendo prejudicados por importações baratas de países que não respeitam os altos padrões ambientais da Europa.

    “A avaliação da Comissão é que as condições para a conclusão do acordo com o Mercosul não foram atendidas”, disse Sefcovic ao Parlamento Europeu.

    Um porta-voz da Comissão afirmou à Reuters que as negociações sobre o acordo continuam.

    A União Europeia e o Mercosul, formado por Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, estão em negociações há anos sobre o acordo, com a UE pressionando nas negociações recentes por garantias mais fortes sobre mudanças climáticas e desmatamento.

    A França tem expressado repetidamente reservas sobre o acordo UE-Mercosul e o presidente Emmanuel Macron disse a Bruxelas que seria impossível concluir as negociações nas condições atuais.

    Com os agricultores organizando grandes protestos na França e as pesquisas apontando para ganhos da extrema-direita nas eleições para o Parlamento Europeu em junho, Macron está sob pressão para acalmar os agricultores, irritados com o aumento dos custos e com as importações de alimentos baratos.

    Os governos da UE e o Parlamento Europeu precisam aprovar qualquer acordo comercial alcançado pela Comissão.