Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja a lista dos 13 reféns israelenses libertados pelo Hamas neste sábado (25)

    Após impasse neste sábado, o Hamas libertou 13 reféns israelenses e quatro estrangeiros

    Galeria de fotos mostra quem são os reféns israelenses libertados pelo grupo radical islâmico Hamas em segunda leva, neste sábado (25)
    Galeria de fotos mostra quem são os reféns israelenses libertados pelo grupo radical islâmico Hamas em segunda leva, neste sábado (25) Reprodução

    Da CNN

    O gabinete do primeiro-ministro israelense e o Fórum de Reféns e Famílias Desaparecidas — que representa os familiares dos detidos pelo Hamas — divulgaram os nomes e idades de todos os 13 reféns israelenses libertados nesta noite de sábado (25), após uma trégua entre Israel e o Hamas:

    • Shoshan Haran, 67
    • Shiri Weiss, 53
    • Sharon Avigdori, 52
    • Adi Shoham, 38 anos
    • Maya Regev, 21 anos
    • Noga Weiss, 18 anos
    • Noam Ou, 17
    • Alma Ou, 13
    • Hila Rotem, 13
    • Noam Avigdori, 12 anos
    • Emily Hand, 9
    • Naveh Shoham, 8
    • Yahel Shoham, 3

    Dror Or, pai de Noam e Alma Or, ainda está detido pelo grupo radical islâmico Hamas na Faixa de Gaza, segundo autoridades israelenses. Yonat Or, mãe das crianças e esposa de Dror, foi morta em 7 de outubro.

    Raaya Rotem, a mãe de Hila Rotem, também continua detida em Gaza.

    Os outros quatro reféns não listados pelas autoridades israelenses são cidadãos tailandeses.

    As Forças de Defesa de Israel disseram que os 17 reféns libertados estão deixando o ponto de encontro inicial em Israel.

    Os reféns libertados foram submetidos a uma avaliação médica inicial e um civil foi transferido para um hospital há uma hora. Os outros reféns também estão a caminho de unidades de saúde, onde se reunirão com suas famílias.

    Segundo grupo liberado

    Após um impasse neste sábado, o Hamas libertou 13 reféns israelenses e quatro estrangeiros, de acordo com o Catar. O grupo de 17 pessoas já chegou em Israel, afirmou o governo.

     Entre os israelenses estão cinco mulheres e oito crianças. As identidades dos reféns ainda não foram reveladas.

    Todos os reféns foram levados para uma base militar em Israel e serão encaminhados para hospitais.

    A libertação dos reféns ocorre após o impasse entre o Hamas e Israel acerca do fornecimento de ajuda humanitária ao norte de Gaza ter sido resolvido pela mediação do Catar e do Egito.

    A libertação de reféns foi retomada depois que Israel e Hamas resolveram impasses e disputas sobre termos foram acertadas, afirmou o Catar neste sábado (25). O Hamas havia adiado a entrega do segundo grupo de reféns nesta manhã depois de acusar Israel de impedir a entrada de ajuda humanitária entre na Faixa de Gaza.

    A medida ocorre em meio a um acordo entre Israel e Hamas, que prevê uma trégua de quatro dias nos combates, em Gaza.

    Outros 24 reféns haviam sido liberados pelo Hamas nesta sexta-feira (24). Em troca, o governo israelense soltou 39 prisioneiros palestinos, de acordo com o Serviço Prisional de Israel.

    O grupo foi solto após 49 dias de cativeiro e foram recebidos por uma multidão de israelenses.

    Os palestinos libertados das prisões israelenses também foram recebidos com celebrações ao retornarem às suas cidades e vilarejos natais em Jerusalém e na Cisjordânia.

    Veja também: Segundo grupo de reféns libertados pelo Hamas já está em Israel

    *Com informações da CNN Internacional

    Publicado por Mateus Cerqueira