Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Veja como ficou local de festival onde Hamas matou 260 pessoas em Israel

    Homens armados do Hamas atiraram contra o público que fugia do local e fizeram outros reféns

    Da CNN

    Ao menos 260 corpos foram encontrados no local onde ocorria um festival de música em Israel após o ataque do Hamas, classificado pelos Estados Unidos e pela União Europeia como grupo terrorista, segundo o serviço de resgate israelense Zaka.

    Homens armados do Hamas atiraram contra o público que fugia do local e fizeram outros reféns.

    Veja imagens de como ficou o festival após os ataques

     

    O festival acontecia em uma área rural perto da fronteira entre Gaza e Israel, de acordo com vídeos nas redes sociais e relatos de pessoas que foram ao evento. O ataque foi apenas um dos vários realizados na manhã de sábado.

    Chamado Festival Nova, era uma festa que duraria a noite toda, celebrando o feriado judaico de Sucot.

    Pai de Alok tocaria em outro festival

    Alok afirmou, neste domingo (8), que seu pai, o também DJ Juarez Petrillo, está salvo e abrigado em um bunker em Israel após os ataques feitos pelo Hamas, classificado pelos Estados Unidos e pela União Europeia como grupo terrorista, desde sábado (7).

    Nas redes, o DJ contou que seu pai quer voltar ao Brasil e aguarda um direcionamento das autoridades para viajar. O Comando da Aeronáutica tem seis aviões destinados à operação de resgate dos brasileiros que estejam em Israel.

    “Ele está seguro em um bunker aguardando direcionamento para retornar ao Brasil”, escreveu o goiano.

    Veja também: Novo ataque na Faixa de Gaza faz número de mortos subir para mais de 490 no território

    Publicado por Flávio Ismerim, com informações da CNN Internacional