Mulher arranca faixas em homenagem a vítimas do coronavírus em praia do ES


Da CNN, em São Paulo
21 de junho de 2020 às 19:20 | Atualizado 21 de junho de 2020 às 19:43

Uma mulher foi gravada neste domingo (21) enquanto arrancava faixas colocadas na praia de Camburi, em Vitória (ES). Ela interrompeu um protesto em homenagem às vítimas de coronavírus e com críticas ao governo federal, arrancando as faixas, reclamando do ato e dizendo que jogaria o material no lixo.

Nas imagens, os manifestantes chamam a mulher de ladra enquanto tentam recuperar as faixas. O ato colocou ainda 130 cruzes na areia da praia, em homenagem às quase 1.300 pessoas que morreram pelo novo coronavírus no Estado.

Um dos organizadores da manifestação afirmou que o grupo foi pego de surpresa, já que a inteção era relembrar e homenagear as vítimas. O caso ainda não foi registrado na polícia. A mulher que aparece retirando as faixas não foi identificada.

Há dez dias, um caso parecido aconteceu no Rio de Janeiro. Durante uma manifestação da ONG Rio de Paz, que instalou 100 cruzes ao lado de covas nas areias da Praia de Copacabana para lembrar os mortos pela Covid-19, um homem contrário ao protesto removeu as cruzes, enquanto outro, que afirmava ter perdido um filho vítima da doença, colocava os objetos de volta na areia.

(Edição: Amauri Arrais)