Praias de São Paulo reabrem e liberam prática de esportes com distanciamento

Com a flexibilização da quarentena, Caraguatatuba, no litoral norte, decidiu reabrir até mesmo os bares e quiosques que ficam na orla

Da CNN
24 de junho de 2020 às 08:46

As principais praias do litoral paulista reabriram e estão permitindo a prática de esportes, desde que haja medidas de distanciamento social em meio à pandemia da Covid-19. Outras delas estão recorrendo à Justiça para que também seja permitida a entrada de turistas.

Com a flexibilização da quarentena, Caraguatatuba, no litoral norte, decidiu reabrir até mesmo os bares e quiosques que ficam na orla. À CNN, o Secretário de Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo, Marco Vinholi, explicou que a prefeitura pode ser notificada pela reabertura, já que o funcionamento desses serviços não está permitidos na fase laranja do Plano São Paulo – na qual a cidade litorânea está enquadrada.

Leia também:

Em domingo de calor, praias do Rio ficam lotadas em plena pandemia
Prefeitos de Santos e Florianópolis avaliam retomada em meio à pandemia 

"No que tange a abertura de quiosques em municípios litorâneos que estão na fase vermelha ou laranja, como é o caso de Caraguatatuba, isso não é permitido", disse Vinholi. "O governo estadual notifica a Prefeitura de Caraguatatuba sobre a reabertura de quiosques, que não está permitida na fase laranja", acrescentou.

O secretário ainda esclareceu que, neste momento, a recomendação do estado é que a reabertura das praias e a permissão de atividades esportivas sejam feitas sem aglomerações, mas destacou que trata-se de orientação e não obrigatoriedade, pois "as prefeituras fazem seus decretos".

Ainda no litoral norte, Ubatuba também liberou as atividades e o funcionamento de quiosques. Santos e Guarujá permitiram atividades esportivas individuais e com horários específicos, mas sem a reabertura do comércio de praia.

À CNN, o prefeito de Santos, Alexandre Barbosa (PSDB), afirmou que está "promovendo retomada com cautela". "A cidade se encontra na fase laranja, onde várias atividades são permitidas, mas ainda não permitimos reabertura de shoppings, por exemplo", informou Barbosa, que adiantou que isso deve ocorrer "nos próximos dias e com protocolos muito rígidos".

Disputa em Ilhabela

 

Em Ilhabela, um decreto restringiu o uso da balsa para serviços essenciais, o que impediu, desde março, a entrada de proprietários de casas de veraneio. O grupo de proprietários entrou na Justiça e conseguiu derrubar a decisão por meio de liminar. A prefeitura disse que irá recorrer.