Secretários do governo de SP farão testes de Covid-19 após diagnóstico de Doria

Governador de São Paulo testou positivo para o novo coronavírus nesta quarta-feira (12)

Pedro Duran, da CNN, em São Paulo
12 de agosto de 2020 às 19:16

O governo de São Paulo está mapeando todas as pessoas que tiveram contato com o governador João Doria e já começou a testar os secretários estaduais para identificar a contaminação pelo novo coronavírus. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do governo de São Paulo.

Na tarde desta quarta-feira (12/8), cerca de dez pessoas voltaram do Palácio dos Bandeirantes para casa depois de Doria ter recebido o diagnóstico de coronavírus.

A notícia chegou pelo telefone, quando ele estava em uma reunião preparando os últimos ajustes para a coletiva de imprensa, que seria realizada em quinze minutos. Ele se ausentou da sala, atendeu o telefone, e voltou para comunicar os assessores diretos e secretários antes de ir para casa.

Leia e assista também

João Doria testa positivo para o novo coronavírus

'Estamos otimistas que Doria passe por esse momento', diz David Uip

Essa é a sexta vez que o governador João Doria faz o teste para o novo coronavírus. Ele coletou o exame junto com assessores próximos de seu gabinete nesta terça-feira (11/8). Essa medida é tomada toda vez que alguém da equipe próxima de Doria testa positivo, como motoristas, copeiros, cerimonialistas e seguranças.

Isolamento para secretários

Os secretários que tiveram contato mais próximo com o governador João Doria decidiram se isolar e tiveram a coleta dos testes para o coronavírus em casa. É o caso do secretário de Habitação, Flávio Amary, e da secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen.

O médico David Uip, que coordenou o centro de contingência do coronavírus em São Paulo está desenvolvendo o protocolo para o isolamento e a testagem dos contatos próximos do governador.