Republicanos confirma candidatura de Crivella à reeleição no Rio

Vaga de vice-prefeito segue em aberto, para uma composição entre os aliados

Por Stéfano Salles, da CNN, no Rio
07 de setembro de 2020 às 19:16 | Atualizado 07 de setembro de 2020 às 22:23
O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, durante convenção
 
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), durante conveção que oficializou sua candidatura à reeleição

Foto: Douglas Macedo / Divulgação

Atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella oficializou nesta segunda (7) a candidatura à reeleição. O engenheiro civil de 62 anos, bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, teve sua candidatura confirmada pelo Republicanos, em convenção presencial realizada em Del Castilho, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro.

O candidato terá o apoio de mais seis legendas na busca pela reeleição: Patriotas, Progressistas, Podemos, PTC, PRTB e Solidariedade, o único que não esteve presente. Há quatro anos, ele concorreu com o apoio de apenas mais duas legendas: PR, atual PL, e o PTN, agora rebatizado de Podemos. 

          Leia mais: 

         Câmara do Rio rejeita abertura de processo de impeachment contra Crivella

         Castro e Crivella discutem medidas convergentes para reabertura econômica no Rio

Em sua fala, Crivella criticou opositores, que considera perseguirem seu governo. “Não houve expediente, dos mais torpes aos mais virulentos, que contra nós não fossem empregados. Injúrias, calúnias, tudo, de nada fomos poupados. Quinze CPIs, três processos de impeachment, mais de 15 processos na justiça. Isso tudo deu na reunião desse grupo tão espetacular, da união da família Bolsonaro, que somou com a gente”, disse o prefeito.  

A vaga de vice-prefeito segue em aberto, para uma composição entre os aliados. Eleito na chapa de Crivella como vice em 2016, o engenheiro de transportes Fernando MacDowell morreu em maio de 2018, vítima de infarto, aos 72 anos. Cogitada para o posto, Rogéria Bolsonaro, ex-mulher do presidente, foi enaltecida pela cúpula do partido e sentou ao lado direito do prefeito. 

Marcelo Crivella foi o sétimo candidato oficialmente lançado por um partido à Prefeitura do Rio. Antes dele, foram confirmadas as candidaturas de Glória Heloiza (PSC), Fred Luz (Novo), Eduardo Paes (DEM), Renata Souza (PSOL), Cyro Garcia (PSTU) e Hugo Leal (PSD).