Senado instala comissão para acompanhar incêndios no Pantanal

Relator será o senador Nelsinho Trad (PSD-MS)

Larissa Rodrigues Da CNN, em Brasília
16 de setembro de 2020 às 17:57

O Senado Federal instalou, na tarde desta quarta-feira (16), uma comissão temporária externa que irá acompanhar as ações de enfrentamento aos incêndios no Pantanal. O colegiado funcionará durante 90 dias e os membros pretendem visitar os locais onde acontecem as maiores queimadas. Ao fim dos trabalhos, o senador Nelsinho Trad (PSD-MS), eleito o relator da comissão, apresentará um documento sobre o tema. 

Participam ainda do colegiado as senadoras Simone Tebet (MDB) e Soraya Thronicke (PSL), ambas do Mato Grosso do Sul. O senador Wellington Fagundes (PL), do Mato Grosso, que sugeriu a criação da comissão, foi eleito nesta quarta, por aclamação, presidente dos trabalhos. 

Leia e assista também

Pantanal atinge maior taxa histórica de queimadas em 2020

Há 4 fazendas investigadas pelos incêndios no Pantanal, diz delegado da PF

‘Questões ideológicas’ contribuíram com as queimadas no Pantanal, diz Salles

Trad, que deixou a comissão mais cedo para participar da posse do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou ainda que há expectativa de que uma outra comissão sobre o tema seja instalada na Câmara dos Deputados. Segundo o senador, a ideia é que os parlamentares possam acompanhar os desdobramentos e providências que estão sendo tomadas pelo Executivo, além de debater ideias para cuidar do meio ambiente brasileiro.

Já Simone Tebet afirmou que a expectativa é também prevenir novos incêndios. “Vamos buscar alternativas, não só para agora, mas também para o futuro. Mais do que acabar com os incêndios, muitas vezes criminosos, nós precisamos já criar mecanismos e estrutura para que isso não se repita no ano que vem”, explicou a senadora.

Segundo o presidente do colegiado, o trabalho da comissão também será avaliar a dotação orçamentária a ser usada no combate às queimadas. Para Fagundes, é preciso buscar soluções com a ajuda de especialistas que devem ser ouvidos em audiências públicas a serem realizadas pela comissão.