Radar Político: Responsáveis por omissão em Bonsucesso devem ser punidos

Para Fernando Molica e Igor Gadelha, situação no hospital federal no Rio de Janeiro trata-se de um episódio de negligência

Da CNN
28 de outubro de 2020 às 13:04 | Atualizado 28 de outubro de 2020 às 13:05

No quadro Radar Político, na CNN Rádio, nesta quarta-feira (28), Fernando Molica e Igor Gadelha falam sobre as consequências do incêndio no Hospital Federal de Bonsucesso, no Rio de Janeiro, e destacam que os responsáveis pelo que consideram omissão de responsabilidade devem ser punidos.

“Na hora que dá problema as pessoas tendem a sumir, mas é uma questão crônica. A gente sabe aqui no Rio de Janeiro das dificuldades dessa rede de hospitais federais no estado, que apresentam muitos problemas administrativos, como falta de pessoal, funcionários que passaram para cooperativas e, agora, essa questão de segurança – sobre a qual o Ministério da Saúde estava alertado”, disse Molica.

“[As autoridades] têm que ir em busca de responsabilidade. Os responsáveis por essa omissão criminosa têm que ser apurados, responsabilizados e punidos”, completou.

Assista e leia também:
Conexão CNN: incêndio no RJ expõe problema crônico da falta de prevenção
'É hora de verificar planos de emergência', diz especialista após incêndio no RJ
Ministério da Saúde soube em 2019 de problemas no Hospital de Bonsucesso
Brasil registra 31 incêndios em hospitais só em 2020

Gadelha destacou que o hospital de Bonsucesso, como outros órgãos federais, é uma instituição com indicações políticas.

 “Ainda no começo do governo [Bolsonaro], o então ministro da Secretaria-geral da Presidência, Gustavo Beniano, deu várias entrevistas dizendo que seria uma das metas do governo acabar com a politicagem no hospital de Bonsucesso”, disse.

Ele disse ainda que o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), filho do presidente, teria influenciado em muitas das indicações feitas após o início do atual governo.

Igor Gadelha, Caio Junqueira e e Fernando Molica comandam o Radar Político, na CNN Rádio
Foto: CNN Brasil