Prefeito de Búzios comemora suspensão de lockdown: 'Restabeleceu a paz'

Liminar do Tribunal de Justiça do Rio suspendeu lockdown na cidade

da CNN, em São Paulo
18 de dezembro de 2020 às 20:29


A Defensoria Pública do Rio de Janeiro recorreu nesta sexta-feira (18) da decisão do Tribunal de Justiça fluminense (TJ-RJ) que suspendeu o lockdown na cidade de Búzios, na região dos Lagos.

Assista e leia também:

Defensoria Pública do RJ recorre de suspensão de lockdown em Búzios

Média de casos de Covid-19 em Búzios aumentou para 1400% em dois meses

Voltou a valer, portanto, o decreto municipal que limita a ocupação do comércio a 50% da capacidade máxima e condiciona a entrada de turistas a festas de Réveillon autorizadas. A liminar que determinava o fechamento da cidade turística não durou nem 24 horas.

À CNN, o prefeito da cidade, Henrique Gomes (Patriota), disse que a defensoria “tem todo o direito” de recorrer, mas que a decisão do TJ-RJ dada hoje “restabeleceu a paz”.

“Acredito que a coisa não vai ter retrocesso, até porque o lockdown não é desejado em cidade nenhuma.”

Búzios vive momento delicado por conta da pandemia do novo coronavírus
Foto: Divulgação/Prefeitura de Búzios

 

(Publicado por Sinara Peixoto)