Aras pede que governador do AM e prefeitura de Manaus sejam investigados

PGR quer saber se administrações estadual e municipal foram omissas na adoção de medidas de combate à pandemia

Paulo Toledo Piza, da CNN, em São Paulo
16 de janeiro de 2021 às 22:10 | Atualizado 16 de janeiro de 2021 às 22:22
Augusto Aras
O jurista Augusto Aras, atual procurador-geral da República
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu neste sábado (16) abertura de inquérito no Superior Tribunal de Justiça (STJ) para apurar se o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e a prefeitura de Manaus foram omissos na adoção de medidas para enfrentamento da pandemia de Covid-19, principalmente no fornecimento de oxigênio.

O estado passa por uma crise sanitária sem precedentes, com pacientes morrendo asfixiados e famílias buscando tanques de oxigênio para salvar seus parentes.

Aras também solicitou informações ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, sobre o cumprimento das medidas que são de competência da pasta.

O governo do Amazonas e a prefeitura de Manaus não comentaram a ação de Aras até a publicação desta reportagem.

Paciente é transferido de ambulância para hospital em Manaus
Paciente é transferido de ambulância para hospital em Manaus
Foto: Bruno Kelly - 14.jan.2021/Reuters