Fábio Faria toma posse em ministério do governo e mais notícias de 17 de junho

As informações mais importantes do começo desta quarta-feira (17)

Da CNN em São Paulo

Ouvir notícia
 
 
A posse do deputado federal Fábio Faria como ministro das Comunicações de Bolsonaro (sem partido) e o retorno do julgamento sobre o arquivamento do inquérito das fake news são alguns dos destaques da manhã desta quarta-feira, 17 de junho de 2020.

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro usou o perfil que mantém no Twitter para dizer que “não pode assistir calado enquanto direitos são violados e ideias são perseguidas“. Em uma publicação na noite dessa terça-feira (16), ele prometeu “tomar todas as medidas legais possíveis para proteger a Constituição e a liberdade dos brasileiros”. O presidente fez o post no mesmo dia em que aliados do governo tiveram sigilos fiscais quebrados no inquérito que investiga manifestações antidemocráticas no país. A ordem partiu do STF.

Fábio Faria 

O novo ministro das Comunicações, Fábio Faria, toma posse, nesta quarta-feira (17), em Brasília. A cerimônia terá a participação do presidente Bolsonaro e de toda a cúpula do governo. O deputado federal pelo PSD, que é genro do empresário Silvio Santos, terá como principais responsabilidades a distribuição de verba publicitária da presidência e a administração da Anatel, dos Correios e da Telebrás.

Inquérito das fake news

O Supremo Tribunal Federal retoma nesta quarta-feira (17) o julgamento sobre o arquivamento do inquérito das fake news. O pedido partiu da Rede Sustentabilidade. O relator do caso, ministro Edson Fachin, votou pela continuidade das apurações.

Covid-19

O Brasil bateu recorde de novos casos registrados de Covid-19 em um único dia. Foram 34.918 nas últimas 24 horas. Se o ritmo de contágio for mantido, o país deve atingir a marca de um milhão de casos até o fim desta semana.

Índia

O primeiro ministro indiano, Narendra Modi, vem sendo pressionado por parlamentares para se manifestar sobre o ataque da China na fronteira entre os países. Segundo o Exército indiano, pelo menos 20 soldados morreram num confronto com militares chineses. Os dois países disputam um território na região do Himalaia.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Edição: Sinara Peixoto)

Mais Recentes da CNN