Antecipação do julgamento de Daniel Silveira no Supremo e mais de 30 de março

5 Fatos Noite, apresentado por Luciana Caczan, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Gabriel Fernedada CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A antecipação do julgamento do deputado Daniel Silveira pelo Supremo Tribunal Federal (STF) para o dia 20 de abril e a aprovação pela Anvisa do uso emergencial do Paxlovid para tratamento da Covid-19 estão entre os destaques da noite desta quarta-feira, 30 de março de 2022.

Anvisa aprova medicamento contra a Covid-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou o uso emergencial do medicamento Paxlovid para o tratamento da Covid-19. O remédio é indicado para pacientes adultos que não precisam de oxigênio suplementar, mas que apresentam risco de agravamento da doença.

STF marca análise de ação contra Daniel Silveira

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para o dia 20 de abril a análise da ação contra Daniel Silveira. O deputado responde por estimular atos antidemocráticos e ameaçar instituições. Inicialmente, o julgamento estava previsto para maio.

PF não vê indício de crimes na troca de comando da instituição

A Polícia Federal (PF) afirmou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que não há elementos indiciários mínimos de crime na troca feita pelo presidente Jair Bolsonaro no comando da PF. O episódio culminou na demissão de Sergio Moro, na época ministro da Justiça e Segurança Pública, e levou à abertura de inquérito no STF para apurar a suposta interferência do presidente na corporação.

Investigação de crimes de guerra na Ucrânia

A Organização das Nações Unidas (ONU) nomeou um painel de especialistas para investigar possíveis crimes de guerra na Ucrânia. De acordo com a chefe dos direitos humanos, Michelle Bachelet, os ataques indiscriminados feitos pela Rússia são proibidos pelo direito internacional humanitário e podem configurar crimes.

Alta do pão francês

O pão francês acumula alta de 20%. É mais um dos efeitos causados pela guerra entre Rússia e Ucrânia, dois importantes produtores de trigo. O cereal registra altas entre 30% e 40% por causa do conflito no Leste Europeu.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN