Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Após queda de 57% de casos em maio, governo do Rio decreta o fim da epidemia de dengue

    Decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (11)

    Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya
    Aedes aegypti é o mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya Joao Paulo Burini/GettyImages

    Victor Locatelida CNN*

    O governo do Rio de Janeiro decretou o fim da epidemia de dengue no estado em uma decisão publicada no Diário Oficial nesta terça-feira (11). A medida foi baseada em análises técnicas do Centro de Inteligência em Saúde (CIS), da Secretaria de Saúde. 

    De acordo com o monitoramento, o número de infecções pela arbovirose está em queda em todas as regiões fluminenses há mais de quatro semanas consecutivas. Isso fez com que o nível 1 do Plano de Contingência Estadual Contra a doença fosse alcançado. 

    Entre 26 de maio e 1º de junho, o Rio registrou 1.467 casos prováveis de dengue. Com isso, o estado já registra 268.947 mil casos e 178 mortes pela doença desde janeiro até esta segunda-feira (10). 

    A epidemia de dengue foi decretada no estado do Rio no mês de fevereiro, quando foram contabilizados mais de 91 mil casos prováveis da doença. Naquele mesmo mês, entre os dias 18 e 24, o estado registrou 27 mil infecções. 

    Ainda, em março foram notificados cerca de 85 mil casos, enquanto em abril foram 42 mil pessoas afetadas pela doença. Com relação ao mês anterior, maio registrou uma queda de 57%, contabilizando 18 mil casos

    Dengue no Brasil 

    O Brasil registrou 5.831.871 casos prováveis de dengue e 3.730 mortes pela doença somente neste ano. Tanto o número de infecções prováveis quanto o de óbitos são os maiores desde o ano 2000, segundo a série histórica do Ministério da Saúde.

    Com relação ao número de mortes sob investigação, para saber se há ligação com a arbovirose, é de 2.945, conforme os dados divulgados pelo painel de Monitoramento de Arboviroses nesta terça-feira (11).