Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Objetos ficam intactos em igreja atingida por enchente no RS; veja imagens

    Cruz, castiçais e Bíblias foram encontrados em suas posições originais após enchente na capela São Miguel, em Eldorado do Sul

    Thomaz Coelhoda CNN*

    Em São Paulo

    Durante a enchente que atingiu o Rio Grande do Sul entre os meses de abril e maio deste ano, o nível da água chegou perto dos 3 metros no bairro Cidade Verde, em Eldorado do Sul (RS), município localizado na região metropolitana de Porto Alegre.

    É nesse bairro que fica a capela São Miguel. A igreja ficou bastante danificada por causa da inundação, mas um detalhe chamou a atenção: alguns objetos sagrados como uma cruz, castiçais e imagens de santos permaneceram intactos após a enchente. 

    Mesmo com a água tendo chegado a 3 metros de altura, alguns dos itens sobre o altar foram encontrados em suas posições originais. Os objetos estavam marcados pela água, mas não foram deslocados. 

    Além disso, uma caixa de Bíblias foi encontrada com os exemplares superiores secos, apesar de terem boiado durante a enchente. À CNN, o padre Fabiano Glaeser dos Santos, responsável pela capela, afirmou que interpreta o ocorrido como um “sinal de Deus”.

    “É um sinal de que só a cruz e os objetos sagrados tenham ficado ‘intactos’. Sinal de que, em meio ao caos, a fé permanece”, disse.

    O padre citou a perda de equipamentos como microfones, mesa e caixa de som, livros, documentos e materiais usados nas missas.

    “Quando entramos na igreja, encontramos os bancos todos revirados, pois boiaram na água”, disse o padre. “Mas sobre o altar estavam a cruz e os castiçais intactos, ou seja, como se não tivessem sido atingidos pela água.”