Aulas presenciais em SP, caso Prevent Senior e mais da tarde de 13 de outubro

5 Fatos Tarde repercute principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

Presidente Jair Bolsonaro diz que não vai se vacinar contra Covid-19, aulas presenciais obrigatórias em São Paulo e investigação sobre o caso da Prevent Senior estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quarta-feira, 13 de outubro de 2021.

Aulas presenciais em SP

A partir da próxima segunda-feira (18), as aulas presenciais nas escolas do estado São Paulo voltam a ser obrigatórias. O governo do estado fez o anúncio hoje em coletiva de imprensa. O retorno da rede municipal ficará a critério de cada cidade.

Queda de transmissão

O Brasil atingiu a menor taxa de transmissão do novo coronavírus desde abril do ano passado, no começo da pandemia. Esta semana, o número chegou a 0.6, o que indica uma queda grande com relação aos meses anteriores, quando essa taxa era maior que 1. Os dados são da Imperial College de Londres, uma das principais universidades do Reino Unido e referência nas pesquisas sobre a Covid-19.

Bolsonaro não vai se vacinar

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que decidiu não tomar mais a vacina contra a Covid-19. Com isso, ele quebra a promessa de ser o último brasileiro vacinado. A declaração foi dada em entrevista à Jovem Pan. Segundo levantamento da CNN, antes dessa entrevista à rádio, o presidente fez pelo menos oito declarações públicas dizendo que se vacinaria.

Caso Prevent Senior

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) retoma hoje as investigações contra a Prevent Senior. A força-tarefa investiga possíveis irregularidades da operadora de saúde na recomendação do chamado “kit Covid” — um conjunto de remédios sem eficácia comprovada contra o novo coronavírus.

Atos de promotores e procuradores

Promotores de Justiça e procuradores de pelo menos 18 estados participam de atos hoje contra a proposta de mudança da Composição do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). As instituições consideram que se for aprovada, a PEC vai interferir de forma direta na atuação das promotorias.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN