Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Com ondas de violência, Bahia reforça segurança durante o verão

    Governador quer atuação policial sem uso de violência e armas na estação com maior fluxo turístico

    Bahia reforça policiamento com quase seis mil homens durante o verão
    Bahia reforça policiamento com quase seis mil homens durante o verão Ascom/Governo da Bahia

    Camila TíssiaElis Francoda CNN

    O governo da Bahia anunciou hoje (28) a “Operação Verão” para reforçar a segurança dos principais pontos turísticos baianos no período de maior movimento do ano no estado.

    O objetivo é garantir que tanto os moradores locais quanto os visitantes possam aproveitar com segurança e tranquilidade as festas de fim de ano e o Carnaval, que marcam a estação.

    Para isso, foram destacados quase seis mil homens das forças de segurança para atuar no combate e prevenção da criminalidade.

    O governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT), reforçou a importância da atuação das polícias sem o uso da violência e armas (letais e não letais).

    “A gente vê a quantidade de pessoas presas sem utilização de violência ou do uso de armas. Então, usaremos do rigor de quem está trabalhando para a segurança da sociedade e pedir que a comunidade seja parceira nesse momento.”, disse o governador na cerimônia de lançamento da operação.

    A fala e a implementação da operação surge após críticas da atuação da polícia nos últimos meses que resultaram em mortes. Em 2022, a Bahia liderou o ranking nacional de mortes decorrentes de intervenção policial. Segundo o Anuário Brasileiro de Segurança Pública, foram 1.464 homicídios registrados.

    Na Operação Verão, a Secretaria de Segurança Pública investirá R$ 27 milhões em câmeras de reconhecimento facial, novas viaturas e embarcações para auxiliar no monitoramento das cidades.

    Especialistas pedem que o governo estadual que câmeras sejam incluídas no uniforme policial visando reduzir a letalidade das forças de segurança. Nestas medidas anunciadas hoje, a bodycam não está prevista. O governo baiano informa que o projeto é analisado.

    Mais Recentes da CNN

    Mais Recentes da CNN