Banhistas lotam praias e descumprem as regras de combate à Covid-19 

São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco registraram grande movimentação de banhistas e desrespeito às regras de isolamento social

Mylene Guerra, da CNN, em São Paulo *

Ouvir notícia

Mais uma vez, as praias brasileiras registraram movimentação intensa neste domingo (6) em diversas regiões do Brasil. Destaque para os litorais de Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro.

Apesar da orientação das autoridades para combater o coronavírus, os banhistas desrespeitaram as regras de distanciamento social.

No Rio, em locais famosos como Copacabana, Ipanema e Barra da Tijuca, as praias estavam lotadas de pessoas e irregularidades – já que há um decreto municipal que proíbe banho de sol e parte do comércio.

Recife 

Em Recife, em Pernambuco, com temperatura na casa dos 29° graus, a praia de Boa Viagem, uma das mais famosas da cidade, registrou grande número de pessoas. Este é o primeiro final de semana da retomada dos barraqueiros que atuam na faixa de areia. As barracas têm que ter quatro metros de distância e só podem receber quatro pessoas por vez. Cento e cinquentas homens fazem a fiscalização em Boa Viagem. 

Guarujá 

No Guarujá, em São Paulo, as regras do uso de máscaras e da proibição de permanecer na faixa de areia foram desrespeitadas. Na praia das Asturias, uma das mais procuradas por moradores e turistas, foi possível ver grupos de amigos e famílias se reuniram sem máscaras na areia para pegar sol. No Guarujá apenas as atividades individuais, como caminhadas, corrida e surfe, estão liberadas. 

Leia e assista também:
Psiquiatra analisa a ‘busca por lazer’ durante a pandemia de coronavírus
Mesmo com restrições nas praias, feriado deve movimentar turismo no Rio
Aglomerações em praias podem fazer SP regredir, diz secretário

Rio de Janeiro

Milhares de pessoas encheram as prais do Rio neste domingo (6)
Com temperaturas de até 34ºC, milhares de fluminenses e turistas encheram as prais do Rio neste domingo (6)
Foto: Jairo Nascimento/ CNN Brasil

No Rio de Janeiro não foi diferente. O sol e o calor levaram centenas de pessoas para as praias, desrespeitando às regras de isolamento que ainda vigoram na cidade, como forma de combater a Covid-19. Permanecer na areia da praia está proibido desde março. A multa para quem desrespeitar a regra é de R$ 107.

A capital fluminense está na fase 6A do plano de retomada. Estão permitidos o banho de mar e comércio de ambulantes. O banho de sol e o aluguel de cadeiras e barracas estão proibidos, porém muitas pessoas desrespeitam as medidas. Não havia fiscalização das milhares de pessoas na faixa de areia.

(Com informações de Jairo Nascimento, da CNN no Rio de Janeiro, e do Estadão Conteúdo)

Mais Recentes da CNN