Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Corpo de Bombeiros de SP recebe prêmio por resgate de cavalo que ficou ilhado no RS

    O animal foi resgatado após ficar ilhado no telhado de uma casa em meio às enchentes que atingem o estado

    Rafael Villarroelda CNN*

    São Paulo

    O Corpo de Bombeiros de São Paulo recebeu um prêmio pelo resgate do cavalo Caramelo, que ficou ilhado num telhado em meio às enchentes que atingem o Rio Grande do Sul. Os agentes que participaram do resgate foram homenageados por uma ONG reconhecida internacionalmente pela proteção aos animais.

    O equino, que ganhou o apelido de Caramelo devido a sua cor, causou comoção nas redes sociais ao ficar imóvel por pelo menos 24 horas em cima de um telhado. Entre os profissionais que realizaram o resgate estavam nove bombeiros de São Paulo, cinco veterinários de Sorocaba e um da região de Canoas, além de voluntários.

    “A gente fica muito feliz e honrado. Esse prêmio reflete todo o trabalho do Corpo de Bombeiros de São Paulo, não só no resgate do Caramelo, mas de tantos outros animais resgatados em situação difícil, no Rio Grande do Sul e em todo o estado de São Paulo”, afirmou o capitão do Corpo de Bombeiros Tiago Franco.

    O prêmio é da organização não governamental Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais (Peta).

    Os Bombeiros de São Paulo receberam da Peta um certificado e uma carta de agradecimento. “O Caramelo teria provavelmente morrido naquela enchente terrível se não fosse pelos atos heroicos desses corajosos bombeiros”, afirmou a diretora da Peta Latino, Alicia Aguayo, à Secretaria da Segurança Pública.

    Os profissionais que participaram da ação foram contemplados com o “Prêmio Corpo de Bombeiros com Compaixão” da organização, que é conhecida mundialmente pelos direitos dos animais.