Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Brasil registra mais de 250 mortes por dengue em 2024

    Mobilização nacional de combate ao vírus acontece neste sábado (2)

    Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue
    Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue 12/04/2023REUTERS/Agustin Marcarian

    Victor Locatelida CNN*

    O Brasil registrou 1.038.475 casos prováveis de dengue e 258 mortes pelo vírus nesta sexta-feira (1°), segundo dados do Painel de Arboviroses do Ministério da Saúde.

    O país contabiliza ainda 651 óbitos em investigação (se há relação com a dengue), número que pode variar durante os dias assim que realizadas as análises.

    Com relação ao coeficiente de incidência da doença por 100 mil habitantes, o número é de 511,4. A faixa etária mais afetada, tanto das mulheres quanto dos homens, continua sendo a de 30 a 39 anos, com 111.302 e 91.229 casos, respectivamente.

    De acordo com a pasta, a porcentagem de pessoas possivelmente infectadas é de aproximadamente 55% para as mulheres, enquanto para os homens o número é cerca de 44%.

    Com o maior número de casos, Minas Gerais lidera entre os estados, com 362.624 registros. Em sequência, destaca-se São Paulo (178.151), Distrito Federal (102.757), Paraná (101.296), Rio de Janeiro (80.800), Goiás (61.611) e Espírito Santo (40.171).

    As tendências históricas da dengue no Brasil indicam que o pico das epidemias da doença no país costumam acontecer entre os meses de março e abril, indo contra a situação atual.

    Dia D

    Considerando o aumento expressivo no número de casos, acontece neste sábado (2) o dia Dia D de combate à dengue no Brasil, com o tema “10 minutos contra a dengue”. A mobilização foi anunciada na última terça-feira (27) pelo Ministério da Saúde e irá reforçar as ações de prevenção e eliminação dos focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor do vírus.

    Nísia Trindade, ministra da saúde, irá participar da medida na cidade de Serra, no Espírito Santo.

    Tópicos

    Tópicos