Cheia do rio Negro ameaça patrimônio histórico em Manaus

Prédios históricos são ameaçados pela água e moradores tiram 'selfie'

Caroline Queiroz, da CNN, em Manaus

Ouvir notícia

Em Manaus, o nível do rio Negro continua subindo e a água já invadiu as ruas do centro histórico. O prédio da Alfândega, patrimônio histórico nacional, que fica na região portuária, já está tomado pela água. O mesmo acontece na tradicional Praça do Relógio, outra referência do Centro da capital. No local, a prefeitura construiu pontes para facilitar o trânsito de pessoas e o acesso às lojas. 

A marca histórica de cheia, de 29,97 centímetros, que foi registrada em 2012, está a poucos centímetros de ser alcançada.

O centro da cidade virou ponto turístico por conta do avanço da água e tem atraído visitantes e curiosos. Muitas pessoas  aproveitam pra tirar fotos e registrar o que pode ser a maior cheia dos últimos 100 anos.

Tombado como patrimônio histórico, prédio da alfândega foi tomado pela água
Tombado como patrimônio histórico, prédio da alfândega foi tomado pela água
Foto: Caroline Queiroz/CNN

 

As amigas Ângela e Vanilze, supervisoras de vendas, aproveitaram o horário de almoço pra passar pelo local e fazer o registro. 

Cheia transformou-se em ponto turístico na capital do Amazonas
Cheia transformou-se em ponto turístico na capital do Amazonas
Foto: Caroline Queiroz/CNN

“Em 2012, a gente também veio ver como ficou o centro da cidade. Não é sempre que tem uma cheia tão grande como essa. Uma coisa diferente e que chama atenção”, diz Vanilze. 

A cheia já virou até motivo de piada. O artista Pabllo Lima causou alvoroço no ensaio fotográfico produzido numa área alagada do centro de Manaus nesta segunda feira. Vestido de sereia, Pabllo posou para fotos e vídeos que em minutos viralizaram nas redes sociais. 

“Foi uma forma bem humorada de mostrar a realidade da nossa cidade e de certa forma fazer uma crítica aos problemas que a gente enfrenta com a cheia”, disse Pabllo.

Prédios de Manaus foram tomados pelas águas por conta da cheia do Rio Negro
Prédios de Manaus foram tomados pelas águas por conta da cheia do rio Negro
Foto: Caroline Queiroz/CNN

Mais Recentes da CNN