Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Cidades históricas de MG receberão R$ 223,7 milhões em ações de preservação

    Recursos virão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)

    A cidade de São João del-Rei é uma das que deverão ser contempladas
    A cidade de São João del-Rei é uma das que deverão ser contempladas Divulgação

    Daniela Mallmannda CNN

    Em Belo Horizonte

    As cidades históricas de Minas Gerais receberão um investimento de aproximadamente R$ 223,7 milhões para ações de preservação em cidades históricas. Os recursos virão do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

    O tema foi debatido nesta segunda-feira (19) durante uma reunião entre o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG) e o presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Leandro Grass.

    O presidente do Iphan apresentou o plano da entidade para manutenção e restauração de outros equipamentos históricos de Minas que demandam R$ 6 milhões, além do montante previsto no programa federal.

    “São projetos muito importantes para a conservação do patrimônio histórico e cultural do nosso estado. Temos que garantir, ao longo desse semestre, os recursos necessários para que essas ações se concretizem”, ressaltou Rodrigo Pacheco.

    As ações previstas pelo Iphan e contempladas pelo PAC vão abranger edificações do patrimônio histórico localizadas em Belo Horizonte, Congonhas, Diamantina, Mariana, além de Ouro Preto, São João del-Rei e Serro.