Classe média não quer abrir mão das facilidades, diz Naercio Menezes Filho

Economista foi o entrevistado desta sexta-feira (5) no CNN Nosso Mundo; assista à entrevista

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

O CNN Nosso Mundo desta sexta-feira (5) entrevistou o economista e professor do Insper Naercio Menezes Filho, que falou sobre os desafios que precisamos vencer para superar a pobreza e a desigualdade no Brasil e no mundo e criticou o comportamento de parte da classe média brasileira. 

Um estudo divulgado pela ONU em janeiro de 2020 mostrou que a desigualdade subiu para mais de 70% da população global. Segundo o estudo, a porcentagem de riqueza global acumulada pelas pessoas que ocupam o 1% no topo da pirâmide de rendimentos aumentou entre 1990 e 2015. 

Classe média não quer abrir mão das facilidades

Naercio Menezes Filho, economista e professor do Insper

Já no outro extremo, as pessoas que ocupam os 40% mais baixos da pirâmide de rendimento ganham menos de 25% de toda a riqueza produzida anualmente, o que faz a desigualdade aumentar a cada ano.

No começo de 2021, o Brasil atingiu a triste marca de mais de 14 milhões de famílias vivendo em situação de extrema pobreza, maior número desde 2014.

Os desempregados no Brasil também são mais de 14 milhões e a taxa de desemprego no país bateu recorde em novembro de 2020: 14,6% no terceiro trimestre do ano. 

Um país que já sofre há muitos anos com a desigualdade vê esse cenário piorar com a pandemia do novo coronavírus.

Para o especialista, “programas de transferência de renda são fundamentais” no país no combate à desigualdade. “A desigualdade causa muito problema no Brasil”, afirmou ao CNN Nosso Mundo

O economista afirmou também que, por causa da enorme desigualdade existente no Brasil, a discussão sobre meritocracia no país “é muito difícil”. “Ninguém quer abrir mão dos seus privilégios”, criticou.

Segundo o especialista, além da transferência de renda é necessário também investir em educação e qualificar a mão de obra no país, para que ela se torne mais produtiva. 

“Produtividade depende de mão de obra qualificada, afirmou o economista. “Estamos com a mesma produtividade de 30 anos atrás”, criticou.

O economista Naércio Menezes Filho, professor do Insper
Foto: CNN Brasil

Naercio Menezes Filho é coordenador da Cátedra Ruth Cardoso e pesquisador do Centro de Gestão e Políticas Públicas do Insper. Ele tem Ph.D. em Economia pela University of London e mestrado e graduação, também em Economia, pela USP. Durante a sua carreira tem se destacado nos estudos sobre mercado de trabalho, distribuição de renda, produtividade e desemprego.

Ele foi entrevistado por Thais Herédia, Débora Freitas e Lia Bock, e quem comanda a atração é Luciana Barreto. O CNN Nosso Mundo é exibido às sextas-feiras, a partir das 22h30. 

CNN está no canal 577 nas operadoras Claro/Net, Sky e Vivo. Para outras operadoras, veja aqui como assistir à CNN. O programa também pode ser assistido ao vivo no site da CNN Brasil.

Mais Recentes da CNN