Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Claudia Costin: Cenário pós-pandemia não é favorável para adoção do ensino domiciliar

    Câmara dos Deputados aprovou nesta semana o projeto de lei que regulamenta o homeschooling; modelo divide opinião de especialistas

    Fabrizio Neitzkeda CNN

    Em São Paulo

    Especialista CNN em Educação Claudia Costin falou, neste sábado (21), sobre o projeto de ensino domiciliar aprovado pela Câmara dos Deputados na última quarta-feira  (18) e que segue para votação no Senado Federal.

    O projeto de lei regulamenta a prática da educação básica domiciliar – o chamado homeschooling – no país. O estudante deve ser matriculado anualmente e ter a opção pelo ensino domiciliar formalizada pelos pais ou responsáveis legais junto a uma instituição de ensino credenciada. A matéria, porém, vem gerado debate e dividido a opinião de especialistas.

    Para Claudia Costin, o homeschooling em si não é um problema, com mais de 60 países adotando o modelo, mas sim a crise no ensino nacional. A especialista questionou a urgência dada ao projeto após dois anos de pandemia, que fez diversas escolas permanecerem fechadas, gerando defasagem no sistema educacional.

    “Estamos com crianças, em grande número, de quinto e até sexto ano, analfabetas. Com dois anos fora da escola, com os pais na rua buscando alguma fonte de renda e tentando aprender sem algum equipamento e conectividade, a última coisa que temos que pensar neste momento é o homeschooling“, afirmou.

    Veja mais no vídeo acima