Concessão de aeroportos, decisão sobre Cabral e mais da noite de 21 de dezembro

5 Fatos Noite, apresentado por Karla Chaves, repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Raphael Buenoda CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A concessão dos aeroportos Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e Congonhas, em São Paulo, e a manutenção da prisão do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral são alguns dos destaques da noite desta terça-feira, 21 de dezembro de 2021.

Concessão de aeroportos

A Agência Nacional da Aviação Civil (Anac) aprovou as minutas do edital de concessão de 16 aeroportos no próximo ano. Entre eles estão o aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, e de Congonhas, em São Paulo. A expectativa é que o leilão aconteça no primeiro semestre de 2022, com lance mínimo de R$ 905 milhões e investimento de R$ 8,6 bilhões por 30 anos.

Variante Ômicron nos Estados Unidos

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que a vacinação é o melhor caminho para combater o avanço da variante Ômicron do novo coronavírus. As autoridades americanas estão preocupadas com a cepa, que já corresponde a 70% dos novos casos no país.

STJ mantém prisão preventiva de Sérgio Cabral

O Superior Tribunal de Justiça negou o pedido de revogação da prisão preventiva do ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral. O ministro do STJ Sebastião Reis Júnio entendeu que o caso contra Cabral possui provas concretas e que apontam a necessidade de que seja mantida a prisão cautelar

Procon do Rio de Janeiro vai investigar a Itapemirim

O Procon estadual do Rio de Janeiro vai investigar a Itapemirim Transportes Aéreos por possíveis violações ao direito do consumidor. Em nota, a empresa disse que tem trabalhado para promover a reacomodação dos passageiros e o reembolso dos valores em até 30 dias. A Itapemirim diz que 56% dos impactados até 31 de dezembro serão atendidos.

Governo federal arrecada R$ 157 bilhões em novembro

A arrecadação do governo federal totalizou R$ 157,34 bilhões em novembro. Os dados foram divulgados pela Receita Federal. O resultado foi o melhor para o mês desde 2014.

Nas redes

Nas redes sociais o destaque vai para a China, que tomou medidas de retaliação aos Estados Unidos após sanções.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

Mais Recentes da CNN