Coronavac, declaração de Bolsonaro, situação no Amapá e mais de 10 de novembro

Assista ao 5 Fatos Noite apresentado pela âncora da CNN Carol Nogueira

Da CNN, em São Paulo

Ouvir notícia

 

A interrupção da fase de testes da Coronavac, a declaração do presidente sobre a vacina chinesa e a liberação de R$ 21 milhões do governo federal para o Amapá estão entre os destaques do 5 Fatos Noite desta terça-feira, 10 de novembro de 2020.

Coronavac

Segundo apuração da CNN, o “evento adverso grave” em um voluntário que participava dos testes da vacina Coronavac foi suicídio. Ele teria usado remédios que induzem ao sono. Os testes com a vacina foram interrompidos, segundo Anvisa, por decisão técnica. O Instituto Butantan declara que o ocorrido não tem qualquer relação com o imunizante.

Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a interrupção dos testes da Coronavac nas redes sociais. Ele disse que é “mais uma que Jair Bolsonaro ganha”.

Amapá

O governo federal anuncia a liberação de R$ 21 milhões para alugar geradores e comprar combustível no Amapá, que ainda é afetado por um apagão. A expectativa é de que o fornecimento volte ao normal até domingo.

Obamacare

Joe Biden saiu em defesa do programa de saúde que ajudou a implementar quando era vice-presidente de Barack Obama. O presidente eleito dos Estados Unidos diz que o objetivo do governo Trump é acabar com o Obamacare.

Peru

Manifestantes e policiais entraram em confronto nas ruas de Lima, no Peru, após o impeachment do presidente Martín Vizcarra. Com índices recordes de popularidade, Vizcarra foi afastado do cargo após denúncia de recebimento de propina quando ainda era governador.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

 

(Edição: Sinara Peixoto)

 

Mais Recentes da CNN