Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Corpos de médicos mortos no Rio de Janeiro são velados nesta sexta-feira (6)

    Irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL), médico Diego Bomfim será sepultado em Presidente Prudente, no interior de São Paulo

    Bruno Laforéda CNN

    em São Paulo

    Os corpos dos três ortopedistas de São Paulo, mortos a tiros em um quiosque na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, já foram liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) e serão velados e sepultados a partir desta sexta-feira (6).

    O médico Diego Bonfim, irmão da deputada federal Sâmia Bonfim (PSOL), tem o velório previsto para 10h desta sexta (6), na Casa de Velório Athia, em Presidente Prudente, no interior de São Paulo.

    Veja também: Polícia encontra corpos de suspeitos de executar médicos no Rio

    O sepultamento está previsto para este sábado (7), às 8h20, no Cemitério Municipal Campal, na mesma cidade.

    Marlise Corsato, irmã do médico Marcos Corsato, está à frente da organização da cerimônia de seu familiar.

    No último comunicado publicado em suas redes sociais, ela afirmou que a família ainda está definindo o local para o velório e sepultamento.

    O corpo do médico Perseu Almeida será levado por transporte aéreo, na tarde desta sexta (6), para a cidade de Ipiaú, na Bahia.

    O velório acontece ainda hoje na Loja Maçônica da cidade. O sepultamento está previsto para sábado (7).

    Em nota, a Prefeitura de Ipiaú expressou suas condolências a familiares da vítima e ressaltou que o profissional dedicou os últimos 5 meses de sua vida ao Hospital Geral de Ipiaú, onde atendia a população do município.

    FOTOS: Veja fotos do quiosque onde os médicos foram assassinados no Rio de Janeiro

    O crime

    Três médicos ortopedistas morreram – e um ficou ferido – após terem sido baleados na avenida da praia da Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio de Janeiro, na madrugada de quinta-feira (5).

    Os quatro foram socorridos por bombeiros. Marcos de Andrade Corsato, Perseu Ribeiro Almeida e Diego Ralf de Souza Bomfim — irmão da deputada federal Sâmia Bomfim (PSOL-SP) – morreram no local. Um outro médico está internado.

    O grupo estava no Rio de Janeiro para participar do 6º Congresso Internacional de Cirurgia Minimamente Invasiva do Pé e Tornozelo, evento internacional com apoio da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé, entidade que os médicos faziam parte.

    A Polícia Civil do Rio de Janeiro encontrou, nesta sexta-feira (6), quatro corpos de suspeitos de realizar o ataque.

    Segundo informações do analista da CNN Leandro Resende, uma das hipóteses da investigação aponta que o crime teria sido cometido por traficantes que confundiram um dos médicos do grupo, Perseu Ribeiro Almeida, com um filho de um miliciano local.