Decisão do TSE sobre chapa Bolsonaro-Mourão e mais da tarde de 28 de outubro

5 Fatos Tarde repercute as principais notícias do Brasil e do mundo

Da CNN

Em São Paulo

Ouvir notícia

A rejeição do pedido de cassação da chapa Bolsonaro-Mourão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os encaminhamentos do relatório da CPI da Pandemia e a nova operação da Polícia Federal (PF) contra a Precisa Medicamentos estão entre os destaques do 5 Fatos Tarde desta quinta-feira, 28 de outubro de 2021.

Chapa Bolsonaro-Mourão

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) arquivou as ações do PT que pediam a cassação da chapa que elegeu o presidente Jair Bolsonaro em 2018. Porém, o julgamento cria tese contra a disseminação de notícias falsas nas próximas eleições. O voto mais duro veio do ministro Alexandre de Moraes, que é relator do inquérito das fake news no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele disse que, se houver repetição do que aconteceu em 2018, o registro será cassado e os responsáveis serão presos.

Relatório da CPI

Os senadores da CPI da Pandemia seguem hoje na missão de dar consequência ao relatório final da comissão, que pediu 80 indiciamentos, entre eles, o do presidente Jair Bolsonaro. Pela manhã, os senadores levaram o documento ao Tribunal de Contas da União (TCU). O documento também será entregue, em mãos, ao presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux.

Máscaras no RJ

Foi publicada hoje, no Rio de Janeiro, a lei que permite a flexibilização do uso da máscara contra a Covid-19 no estado. O governo publicou a lei que garante a flexibilização e a medida já passa a valer, com o aval da Secretaria Estadual de Saúde.

PF faz operação contra Precisa

A Polícia Federal (PF) cumpre, hoje, 11 mandados de busca e apreensão contra a empresa Precisa Medicamentos, investigada pela CPI da Pandemia na negociação da venda da vacina Covaxin ao Ministério da Saúde. O empresário Francisco Maximiano — proprietário da Precisa — seria um dos alvos da operação.

Índice do aluguel

O IGP-M, índice que corrige o aluguel, foi divulgado hoje. O índice subiu 0,64% em outubro, bem acima da expectativa do mercado, que esperava alta de 0,17%. A aceleração veio depois da queda de 0,64% também em setembro. O IGP-M acumula alta de 21,73% em 12 meses.

Newsletter

Para receber as principais notícias todos os dias no seu e-mail, cadastre-se na nossa newsletter 5 Fatos em newsletter.cnnbrasil.com.br

(Publicado por Daniel Fernandes)

Mais Recentes da CNN