Prime Time

seg - sex

Apresentação

Ao vivo

A seguir

    Duas pessoas são presas em SP por suspeita de desvio de doações ao RS

    Operação da Polícia Civil já encontrou mais de 50 casos parecidos

    Pedro Pupulimda CNN*

    São Paulo

    A Polícia Civil do Rio Grande do Sul prendeu, nesta quarta-feira (15), duas pessoas por desviarem doações via PIX inicialmente destinadas ao Governo do Rio Grande do Sul para o enfrentamento às enchentes que assolam o estado.

    Os dois suspeitos fazem parte de um grupo de Santo André (SP) formado por dois homens, uma mulher e um adolescente. Os criminosos teriam criado páginas em redes sociais se passando pelo perfil oficial do governo gaúcho para divulgarem chaves PIX de pessoas físicas e receberem doações indevidas.

    Segundo a polícia, o grupo começou a dar golpes logo nos primeiros dias de calamidade e, portanto, induziram a erro um número relevante de pessoas. De boa-fé, elas pensaram estar contribuindo com as vítimas das enchentes, mas foram vítimas dos criminosos.

    Além das duas prisões, foram cumpridos mais três mandados de busca e apreensão e algumas contas bancárias foram bloqueadas.

    Com idades entre 17 e 45 anos, os suspeitos têm antecedentes criminais por crimes como roubo, porte ilegal de arma de fogo, furto e tráfico de entorpecentes.

    Operação Dilúvio Moral

    A Polícia Civil, por meio da operação Dilúvio Moral, está buscando combater fraudes, golpes e atentados aos serviços de utilidade pública durante esse período de calamidade no Rio Grande do Sul.

    Até o momento, a corporação já identificou mais de 50 casos desse tipo. Em 70% desses casos os suspeitos já foram identificados. O restante tem inquéritos policiais já instaurados e aguarda mais investigações.

    Além disso, a polícia afirma já ter retirado 15 páginas criminosas do ar e bloqueado cinco contas bancárias, o que impediu o desvio de dezenas de milhares de reais destinados ao povo gaúcho.

    *(Sob supervisão de Felipe Andrade)