Em MG, população é orientada a deixar casas por risco de rompimento de barragem

Alerta foi feito na noite deste domingo (9) para os moradores de Pará de Minas, Pitangui, Onça de Pitangui, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará

Barragem em Pará de Minas está com nível de água acima do normal
Barragem em Pará de Minas está com nível de água acima do normal Divulgação

Fábio MunhozDanilo MoliternoPedro Osorioda CNN

São Paulo

Ouvir notícia

Moradores da região sudoeste do estado de Minas Gerais receberam um alerta na noite deste domingo (9) para que deixem suas casas devido ao alto risco de rompimento de uma barragem na Usina do Carioca.

O alerta foi feito nas redes sociais pela prefeitura de Pará de Minas perto das 20h.

A mensagem diz que a evacuação deve ser feita por todas as famílias que se encontrem abaixo da usina, tanto na própria cidade quanto nos municípios vizinhos: Pitangui, Onça de Pitangui, São João de Cima, Casquilho de Baixo, Casquilho de Cima e Conceição do Pará.

Por volta das 20h30, a prefeitura informou que montou um ponto de apoio na cidade para receber as famílias que tiveram de deixar suas casas.

“O objetivo é receber as famílias dos moradores das imediações da barragem que não têm para onde ir”, diz a publicação.

Ações das autoridades

O prefeito de Pará de Minas, Elias Diniz, falou em um vídeo no Instagram que a região da Usina de Carioca está mobilizada com a equipe da polícia militar e dos bombeiros para buscar as pessoas que estão com as casas em situações de risco.

Diniz pede a compreensão das pessoas que estão próximas às regiões de risco. “Vá para locais mais altos, na casa de parentes ou de pessoas que podem nos ajudar. O que venham aqui para o abrigo que estamos oferecendo”, alertou.

O prefeito também falou que ainda não é possível saber “como está a situação envolvendo Britos e até mesmo envolvendo a Barragem do Benfica, em Itaúna. Pode ocorrer o efeito dominó. Várias partes estão inundadas.”

Mais Recentes da CNN