Estudo da prefeitura de São Paulo recomenda desobrigar máscaras ao ar livre

Documento também apoia seguir com medidas não farmacológicas, evitando aglomerações e aumentando índices de vacinação

Bruna MacedoCaio Junqueirada CNN

em São Paulo

Ouvir notícia

Um estudo da Vigilância Sanitária a que a CNN teve acesso recomenda “a desobrigação do uso de máscaras ao ar livre, em ambientes abertos como ruas e parques” na cidade de São Paulo.

O documento também sugere “seguir com as medidas não farmacológicas de precaução: manter etiqueta respiratória, higiene das mãos, evitar aglomeração, manter uso de máscaras em locais fechados, como transporte público e intensificar vacinação de dose de reforço a população adulta”.

O estudo traz uma série de gráficos que mostra a redução de casos de Covid-19 no município, concluindo que “neste momento, o cenário é de queda importante no número de doentes pela Covid-19 nas últimas semanas e os indicadores assistenciais apresentam as menores taxas de ocupação de leitos de UTI e enfermarias desde 2020″.

O documento já foi encaminhado ao Palácio dos Bandeirantes, que deverá anunciar na quarta-feira (9) se as máscaras serão liberadas em todo o estado.

Veja a íntegra do documento:

Mais Recentes da CNN